terça-feira, 12 de setembro de 2017

Mídia e ideologia

Sonegação legitimada - Uma novela de televisão, aparentemente inofensiva, é reveladora do papel da mídia tradicional na consciência das pessoas. O enredo do folhetim se refere ao roubo de uma alta soma em dinheiro, efetuado por empregados de um grande hotel da cidade do Rio de Janeiro. Na ficção, a ação só foi possível porque o dono do dinheiro exigiu o pagamento da quantia fabulosa em dinheiro vivo, para evitar a tributação dos valores. A polícia promove uma perseguição implacável às pessoas que teriam realizado o roubo. O crime de sonegação fiscal, por outro lado, é esquecido. 

Personagens - A figura simpática de Marcos Caruso serve para inocentar o crime de sonegação fiscal de seu personagem, e tornar lugar comum a expressão "o crime de rico a lei o cobre", buscando legitimar o perdão dado pelo governo sem voto aos grandes devedores. Na outra ponta do enredo, o grupo de empregados acusado pelo roubo continua sendo perseguido de forma implacável, segundo o texto, "por ter roubado o esforço de uma vida inteira". A novela não se refere à origem da fortuna surrupiada, mas é certo que parte ela só foi possível por causa do trabalho dedicado e cotidiano dos que são chamados de ladrões.

Expropriação - Seria pedir demais que a Rede Globo de Televisão se dispusesse a defender a legitimidade de ações que resultem na devolução de bens e direitos a seus legítimos donos. O enredo destaca a ganância individual e se nega a apontar qualquer tipo de consciência coletiva dos empregados acusados pelo roubo. O recado dado no folhetim é claro ao apresentar, de um lado, um sonegador confesso e impune; e de outro lado, um grupo de trabalhadores com sonhos individuais de riqueza, prestes a cair nas garras da polícia.

Apologia - É bom que fique claro que o objetivo desta postagem não é fazer qualquer tipo de apologia ao crime, mas apresentar uma reflexão de como a ficção televisiva é capaz de influenciar a opinião pública, através da apresentação de histórias que destacam a impunidade dos mais ricos, o que pode induzir a população a tolerar delitos graves como a sonegação fiscal.   

Luta permanente e contínua

Destruição  - Por ocasião da morte de mais um militante metalúrgico da cidade de São Paulo, texto de autoria do companheiro Sebastião Net...